Praça dos Girassóis — Palmas, TO

(63) 3213-3633

Notícias da catedral › 02/03/2018

Catedral realiza primeira reunião de preparação para o Festejo do Divino Espírito Santo 2018

Por Assessoria de Comunicação

Padre Eduardo expõe os princípios da espiritualidade do festejo 2018/ Foto: Heraldo Lima

Nesta quinta-feira (1), paroquianos da Catedral de Palmas reuniram-se junto com o padre Eduardo Zanom, pároco, para a primeira reunião de preparação do festejo do Divino Espírito Santo, padroeiro da arquidiocese. Além do sacerdote, estiveram presentes membros de todas as pastorais, e a coordenação de pastoral da paróquia. Houveram momentos de espiritualidade, de avaliação do festejo passado, repasse das diretrizes dos trabalhos para este ano e partilha sobre a importância deste momento de preparação para os paroquianos.

Segundo o padre Eduardo, o festejo do padroeiro é o momento mais importante da vida de uma comunidade paroquial. “Festejo em homenagem ao nosso santo padroeiro é o momento de mostrarmos nossa devoção, nossa unidade e, sobretudo nosso serviço. Tudo começa com a celebração litúrgica e termina com a festa da comunidade???, ressaltou.

Ainda segundo o sacerdote, a prioridade para este ano é muito mais o caminho a ser percorrido até o festejo. “Quando pensamos no processo de construção de um festejo o mais importante é o caminho que percorreremos juntos como comunidade, nele podemos dar frutos de conversão e missão???.

Definido tema do Festejo 2018

Paroquianos em preparação para Festejo 2018/ Foto: Heraldo Lima

Todo ano o festejo do Divino tem um tema, e este é escolhido pelo arcebispo metropoliltano. Para 2018, o tema da festa é: “Transformados pelo Espírito Santo, somos sal da terra e luz do mundo???, fazendo menção ao ano dos leigos, promulgado pela Igreja do Brasil, com o tema: “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino??? e o lema: “Sal da Terra e Luz do Mundo???, Mt 5,13-14.

Ao término da reunião padre Eduardo pediu que um membro de cada pastoral falasse sobre a importância desse momento para a vida da comunidade, e a partilha mais emocionante foi de Joydem Rodrigues, uma das irmãs surdas, participantes da paróquia, que reforçou a importância da preocupação da catedral em incluir irmãos com necessidades especiais na vida da comunidade. “É vontade de Deus que mais surdos venham para Catedral. Por mais difícil que seja trazer os irmãos com deficiência, sei que como surda evangelizando outros surdos posso fazer a evangelização crescer!???, testemunhou traduzida pela tradutora intérprete de línguas de sinais/português da Pastoral dos surdos da Catedral, Cláudia Arantes.

No próximo sábado (3) às 18h30 haverá a missa de envio para os trabalhos do Festejo que acontecerá na Catedral do Divino Espírito Santo.

Você já participou do nosso festejo? O que mais lhe atraiu a celebrar conosco esse momento? Deixe nos comentários das nossas redes sociais.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.