Praça dos Girassóis — Palmas, TO

(63) 3213-3633

Matrimônios

Para a Igreja Católica, a vida matrimonial começa no momento da celebração do matrimônio. Essa celebração é a expressão do amor entre um homem e uma mulher, realizado na liturgia, tendo em vista a formação de uma comunidade conjugal: a família. Este amor conjugal, bênção e dom de Deus, vivido à luz da fé, é sacramento: sinal visível da união de Cristo com sua Igreja. A graça do sacramento, pelo qual os cônjuges participam do amor e da vida da Santíssima Trindade, leva à perfeição o amor humano de ambos, consolida a sua unidade inseparável, faz crescer a doação mútua e os santifica no caminho da vida eterna.

Os ministros do sacramento do matrimônio são os próprios noivos que se dão um ao outro, por livre ato da vontade de cada um. O consentimento pleno de ambos é o elemento constitutivo do próprio matrimônio. Assim, “o sacramento do matrimônio gera entre os cônjuges um vínculo perpétuo e exclusivo. O próprio Deus sela o consenso dos esposos. Portanto, o matrimônio concluído e consumado entre batizados jamais pode ser dissolvido. Além disso, esse sacramento confere aos esposos a graça necessária para atingir a santidade na vida conjugal e para o acolhimento responsável dos filhos e a educação deles???, descreve o Compêndio do Catecismo da Igreja Católica.

Em 1981, o Papa João Paulo II assinou a exortação ‘Familiaris Consortio’, um documento sobre a função da família cristã no mundo de hoje. Sobre o matrimônio, ele pontuou que é “um sacramento em que o amor humano é santificante e comunica a vida divina por obra do Criador; um sacramento em que os esposos significam e realizam o amor de Cristo e de sua Igreja, amor que passa pela cruz das limitações, do perdão e dos defeitos, para chegar à alegria da ressurreição???.

Procedimentos

O primeiro passo a ser tomado pelos noivos é procurar as suas paróquias de domicílio para dar entrada ao processo de habilitação para o matrimônio com antecedência mínima de três meses da data estabelecida. Os documentos solicitados, que devem ser apresentados no início da preparação do processo matrimonial, são:

*Certidão de batismo dos noivos, atualizada, expedida expressamente para casamento, incluindo eventuais anotações marginais do livro de batizados, com data de no máximo seis meses antes da celebração do matrimônio;

*Documentos de identidade dos noivos;

*Certificado de preparação para o matrimônio, ministrado na paróquia dos noivos ou em outra paróquia;

*Protocolo de pedido de casamento civil ou certidão de casamento civil

* Certidão de óbito, se for viúvo(a).

Lembrando que, se o matrimônio não for celebrado no território da paróquia onde moram os noivos, deve-se pedir a transferência, que é a realização do processo matrimonial completo e a autorização do pároco local para que a celebração seja feita em outra paróquia          .

As cerimônias de casamento são realizadas na Catedral de Palmas às sextas-feiras, 21h, e aos sábados, às 20h30. Para consultar as datas livres ou verificar a possibilidade de agendar a celebração em outros dias da semana, entre em contato com a Secretaria Paroquial pelo telefone (63) 3213-3633. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 12h e das 14h às 18h, e aos sábados, das 8h ao meio-dia.