Praça dos Girassóis — Palmas, TO

(63) 3213-3633

Pastoral do Dízimo

pastoral-dizimo

Pastoral do Dízimo: A Pastoral do Dízimo não é uma equipe com a finalidade de captar recursos para a Igreja ou administrar uma obra. Não se trata de um ato meramente financeiro-administrativo dentro de uma comunidade. O grande objetivo é evangelizar sobre o Dízimo, de modo que todos os membros da Catedral se sintam solidários e co-responsáveis pela manutenção da paróquia.

A equipe da Pastoral deve ser bem formada e bem aceita na Catedral. A escolha dos participantes é feita pelo pároco da Catedral, Pe. Eduardo Zanom. Os integrantes devem estar preparados para que possam atuar com muita sintonia e organização, conhecendo bem o assunto e ajudar a esclarecer dúvidas sobre o Dízimo. Eles devem falar da experiência própria, dar testemunhos quando forem motivar os fiéis.

Mensalmente, são os responsáveis por fazer as prestações de contas do Dízimo junto à comunidade da Catedral e de organizar o Plantão do Dízimo nos finais de semana.

Quero Ser Dizimista

Para ajudar na manutenção da Catedral, basta preencher a ficha cadastral no Plantão do Dízimo (missas dominicais) ou na Secretaria Paroquial.

Após o preenchimento, o fiel já está apto a colaborar mensalmente devolvendo o Dízimo.

10 motivos para ser um dizimista:

1 – Sou dizimista porque reconheço os dons de Deus em minha vida. (II Cor 9,7);
2 – Porque manifesto minha gratidão a Deus por tudo! (I Cor 4,7);
3 – Porque procuro retribuir ao meu próximo. ( Lc 17,16);
4 – Porque creio no que Deus diz através da Escritura. (Ml 3,10; Lc 21,1-4);
5 – Porque sou filho de Deus, n’Ele confio e espero. (Mt 6, 25-31);
6 – Porque deixo de ser egoísta à medida que partilho com os outros. (Lc 12, 16-21; Pd 4,8);
7 – Porque creio na vida comunitária fraterna onde Deus está (Mt 18,20);
8 – Porque levo a sério a Palavra de Deus, que é Pai das misericórdias (Mt 25,40);
9 – Porque Jesus tranquiliza-me, dando-me a certeza de que é meu grande amigo (Jo 14,1-5; Mt 25,34);
10 – Porque desejo ver o Evangelho pregado com eficácia, a Comunidade crescendo e Deus sendo glorificado! (Mt 28,19-20; Mc 16,15).

Notícias Relacionadas