Praça dos Girassóis — Palmas, TO

(63) 3213-3633

Notícias da catedral › 08/03/2019

Entre mulheres 2019 esgota todos os ingressos com a presença de Adriana Arydes e Irmã Zélia

Foto: Heraldo Lima

Na noite desta quinta-feira (7), véspera do dia internacional da mulher, a Catedral Metropolitana do Divino Espírito Santo promoveu o “Entre mulheres”, uma noite especialmente pensada para as filhas amadas de Deus. O evento contou com a presença da cantora católica Adriana Arydes e a missionária da congregação Copiosa Redenção, irmã Zélia e teve os 800 ingressos disponibilizados esgotados.

O arcebispo de Palmas, dom Pedro Brito Guimarães, conduziu o momento inicial com um breve momento de espiritualidade e uma reflexão acerca do papel da mulher na sociedade, alertando contra o feminicídio, como uma ferida aberta no Brasil. Logo após, padre Eduardo Zanom acolheu Adriana Arydes que com canções de louvor e oração levou as mulheres a agradecer e consagrar a Deus sua feminilidade. Cantou músicas como Glória e majestade, Derrama o teu amor aqui e O poço, lembrando do tema que motivou a noite “Senhor, dá-me dessa água!”.

Uma geração de mulheres com alma eucarística

“Jesus quer que você seja um evangelho aberto para seu marido e filhos”, com essas palavras Irmã Zélia iniciou sua palestra que abordou temas como a missão da mulher na família e como enfrentar os desafios do ser mulher com espiritualidade. “Deus quer que você seja luz para seus filhos, esse é o tesouro da sua vida. É na sua casa, sua missão! É dentro do teu lar que Jesus quer que você seja uma  profeta. Por isso, gaste tempo com a oração, faça um caminho de renúncia e libertação para que eles experimentem em vida quem é o Senhor!”, ressaltou.

Em  sua palestra lembrou o testemunho do jovem italiano, o venerável Carlo Acutis, e seu amor pela Eucaristia e lançou o convite. “Jesus está com saudade de nós! Vá para missa diária! Quanto menos missa, mais perdemos o que é essencial nas nossas vidas. Por isso, tenha uma alma eucarística. Ser uma alma eucarística é ter saudades da Eucaristia! O único remédio para curar dor da alma é a Eucaristia diária!”.

Foto: Heraldo Lima

A noite encerrou com adoração a Jesus Eucarístico e a proclamação de inúmeras curas e libertações, foi um momento forte de espiritualidade e encontro com Deus. Padre Eduardo Zanom motivou cada mulher a fazer um compromisso concreto para sua vivência ao longo de todo o ano. “Não saia daqui sem se determinar a uma ação prática capaz de mudar a sua vida! Sinto que Deus ergue uma geração de mulheres com a alma eucarística”, testemunhou.

Ao término do evento foram sorteados brindes para as participantes dos parceiros do evento.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.