Praça dos Girassóis — Palmas, TO

(63) 3213-3633

Atualidade, Notícias › 11/01/2021

EUA, Papa: promover a reconciliação nacional e tutelar os valores democráticos

“Rezo por aqueles que perderam a vida, cinco, naqueles momentos dramáticos. Reitero que a violência é sempre autodestrutiva. Nada se ganha com a violência e tanto se perde”, disse Francisco após a oração mariana do Angelus.

Cúpula do Capitol Hill. Reprodução Vatican News

Após a oração mariana do Angelus deste domingo (10/01), o Papa Francisco saudou com afeto a população dos Estados Unidos, abalada pelo recente ataque ao Congresso.

Rezo por aqueles que perderam a vida, cinco, naqueles momentos dramáticos. Reitero que a violência é sempre autodestrutiva. Nada se ganha com a violência e tanto se perde. Exorto as autoridades do Estado e toda a população a manter um alto sentido de responsabilidade, a fim de acalmar os ânimos, promover a reconciliação nacional e tutelar os valores democráticos arraigados na sociedade estadunidense. Que a Virgem Imaculada, Padroeira dos Estados Unidos, ajude a manter viva a cultura do encontro, a cultura do cuidado, como principal via para construir juntos o bem comum; e o faça com todos os que vivem naquela terra.

A seguir, Francisco saudou de coração todas as pessoas que participaram do Angelus através dos meios de comunicação.

Como vocês sabem, por causa da pandemia, não pude celebrar o batismo hoje na Capela Sistina, como de costume. Todavia, asseguro a minha oração pelas crianças que foram inscritas e por seus pais, padrinhos e madrinhas; e por todas as crianças que neste momento estão recebendo o Batismo, recebendo a identidade cristã, recebendo a graça do perdão e da redenção. Deus abençoe a todos!

O Papa recordou que amanhã, visto que terminou o Tempo de Natal, “retomaremos com a liturgia o caminho do Tempo Comum”.

Não nos cansemos de invocar a luz e a força do Espírito Santo, para que nos ajude a viver com amor as coisas ordinárias e assim torná-las extraordinárias. É o amor que muda: as coisas comuns parecem continuar sendo ordinárias, mas quando são feitas com amor, se tornam extraordinárias. Se permanecermos abertos, dóceis, ao Espírito, Ele inspirará os nossos pensamentos e nossas ações diárias.

Por fim, desejou a todos um bom domingo e pediu aos fiéis para não se esquecerem de rezar por ele.

Por Mariangela Jaguraba, via Vatican News

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.